quinta-feira, abril 19, 2007

李振藩 CAPITULO XLIII: seus piratas!

Embora longe das Caraíbas e sem ligação familiar aparente com o 'Barba Negra', os piratas andam por aqui, à solta. Normalmente barricam-se em lojas de 3 por 3 metros em centros comerciais ou atrás de bancas no meio da rua e escondem-se quando há suspeita de polícia nas redondezas. Polícia que sabe quem eles são, onde estão, o que vendem, quanto 'fazem'. Limitam-se no entanto a aparecer de vez em quando para manter as aparências. A economia paralela 'manda' neste país, empurra-o para a frente e por isso não é conveniente acabar. Camufla-se a taxa e evitam-se alguns milhões em subsídios de desemprego.

Desde piratear roupa, piratear vinho, piratear tecnologia, piratear software, pirateia-se tudo. Piratas à antiga. A escala é de tal forma impressionante, que hoje li um artigo que dizia que a Microsoft vendeu até agora na China 244 cópias licenciadas do novo Windows Vista desde o seu lançamento há umas semanas. Diria que este número é provavelmente bem menos do que já se vendeu em Portugal. E se formos analisar os montantes que colocam na China em publicidade (e que não colocam em Portugal, onde provavelmente o saco do EXPRESSO continua a ser o prioritário), a coisa é claramente agoniante. Para a Microsoft, claro! :)

Então porque é que aqui não vende? Porquê?!? Simples. Porque há milhões de piratas do outro lado, como eu, que não pagam 150 euros se podem pagar 4 e meio.
E assim se vai vivendo.

De espada em riste, pistola no coldre e lenço na cabeça, com as 5 primeiras séries do '24horas' por 2 euros e meio no saco, aquele abraço,

HuiYi Si


2 comentários:

David TBM disse...

o bill gaitas n se importa...enquanto houver piratia com o windows significa q esse sera sempre o sistema operativo mais usado, e consequentemente o mais vendido...sem a pirataria seria o fim do imperio da microsoft :) abraço rapaz ps: a ver se skypamos um dia destes...

scp disse...

Caro amigo, "a quanto" é que estão as séries do Prison Break?!

Francis Drake, aka scp